Como ter um relacionamento saudável | Parte 2 de 2

23:03 Ana Caroline Carvalho do Nascimento 0 Comentarios


Parte 2 de 2: Coisas que Vocês Precisam Fazer Juntos

1
Revivam os encontros. Saiam em um encontro, mesmo que vocês já estejam num relacionamento há anos, isso ainda é importante. Na verdade, é especialmente importante para os casais que estão juntos a tempo o suficiente para ficarem acomodados. Tentem sair num encontro pelo menos uma vez por mês. Alguns casais priorizam isso e saem em um encontro a cada semana.
  • Se você estiver com problemas em ter ideias de encontros, tente recriar o encontro que você teve com seu(sua) parceiro(a) no começo do relacionamento. Faça exatamente a(s) mesma(s) coisa(s), ou dê uma guinada no encontro reinventando ele de alguma forma significativa.
  • Faça algo novo e excitante. Fazer algo que deixa seu sangue fluindo e aumenta a frequência cardíaca, melhora os sentimentos de cumplicidade entre os parceiros. Se vocês estiverem se sentindo corajosos, saiam para um encontro que faça vocês se sentirem crianças de novo: vão a um show de comédia, façam uma aula de cozinha, ou façam um test-drive num carro novo.
2
Pratiquem o perdão. Perdoar é uma decisão de deixar o passado para trás e se concentrar no presente. Tem tudo a ver com tomar o controle da sua situação atual, já que você deve oferecer a seu(sua) parceiro(a) tanto quanto você exige dele(a).
  • Lembre-se de que o benefício é de quem perdoa. Perdoar seu(sua) parceiro(a) absolve ele(a), mas também te liberta de carregar o ódio e o rancor. Não veja isso como um ato inteiramente altruísta - é algo que você está fazendo por vocês dois.

3
Riam juntos. Rir um do outro é sinal de segurança no amor. A risada ajuda o mundo a girar e pode fazer isso com seu relacionamento também. A risada ajuda seu corpo a queimar calorias, aumenta o fluxo sanguíneo, fortalece o sistema imunológico e diminuir os níveis de açúcar no sangue. A risada pode ser reconfortante, contagiante ou afrodisíaca, além de muitas outras coisas. Não se esqueça de sorrir.


4
Apoiem um ao outro. Dar apoio significa fazer da felicidade e do bem estar do(a) seu(sua) parceiro(a) uma prioridade, seja fazendo muito, ou pouco. Tenha em mente de que parte do motivo de vocês estarem juntos é que vocês são grandes fãs um do outro, então certifique-se de agir assim. Tente demonstrar apoio das seguintes formas:
  • Seja um(a) bom(boa) ouvinte. Se seu(sua) parceiro(a) precisa que você o(a) ouça, faça de bom grado. Você nem sempre precisa vir com uma solução, só com apoio.
  • Ofereça incentivo. Se seu(sua) parceiro(a) está tentando fazer uma mudança positiva, começar um novo hobby, ou realizar uma tarefa difícil, torça muito por ele(a).
  • Dê a ele(a) um lugar seguro. Deixe que seu(sua) parceiro(a) fique vulnerável na sua frente sem ter medo de ser julgado(a).

5
Dediquem tempo um ao outro. Faça disso uma prioridade, mesmo que seja um pouco inconveniente no começo. Os relacionamentos precisam de experiências compartilhadas para crescerem e você está demonstrando que cuidar do seu é importante para você.
  • Escolham um hobby. Aprender algo novo juntos pode ajudar vocês a se aproximarem mais, bem como a descobrirem uma atividade de lazer que ambos gostam. Tentem esportes como tênis, ou basquete, ou aprender um novo idioma, cozinhar, fazer artesanato, ou qualquer outra coisa que estejam dispostos a tentar.
  • Encontrem pequenas maneiras de servirem um ao outro. Fazer pequenos atos de ajuda para seu(sua) parceiro(a) mostra que você está ciente do que ele(a) precisa e que você está disposto(a) a ajudar. Não precisa ser um gesto extravagante: fazer o jantar, realizar uma tarefa, ou oferecer uma massagem nos pés no fim do dia. Não faça disso algo grande e não espere automaticamente um retorno.

6
Desenvolvam uma melhor comunicação. A maioria das pessoas não são bons comunicadores natos - é algo que todo mundo precisa melhorar. A maneira como você fala com seu(sua) parceiro(a) pode parecer algo pequeno, mas você faz isso várias vezes por dia e isso tem um efeito. Considere essas soluções:
  • Não utilize a linguagem diretiva. Tente manter frases do tipo "você deveria" ou "você não pode" fora do seu relacionamento. Você e seu(sua) parceiro(a) são iguais e nenhum de vocês tem a autoridade de mandar no outro.
  • Retransmita suas expectativas. Se você espera que seu(sua) parceiro(a) faça algo, diga. Não espere que ele(a) leia sua mente e não se confie em dar dicas. Falar claramente o que você quer dá a seu(sua) parceiro(a) uma chance de ter sucesso (e tenha em mente o ponto anterior: ao invés de dizer "Você devia levar o lixo para fora todos os dias", diga "Eu adoraria que você levasse o lixo para fora todos os dias").
  • Diga "por favor" e "obrigado(a)". Você deve poder ficar relaxado(a) com seu(sua) parceiro(a), então não é preciso se preocupar em ter boas maneiras o tempo todo. A exceção a isso é pedir educadamente e expressar gratidão quando seu(sua) parceiro(a) faz algo - não ache que ele(a) sabe que você quis dizer isso.
  • Lute de forma justa. Não deixe que todas essas habilidades comunicativas entrem pelo cano durante uma briga. Tente expressar o que pensa de maneira amável e respeitosa, de forma que não machuque seu(sua) parceiro(a). Se ele(a) insistir em gritar ou insultar você, pacientemente mantenha uma atitude calma.

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga